Iluminação: porquê ela é fundamental na decoração da sua casa?

setembro 03, 2019

Conheça dicas para criar um projeto de interiores de encher o brilho dos olhos!


Na hora de reformar ou decorar a casa, muita gente não tem muita ideia de como pode usar a iluminação como um elemento decorativo. Neste caso, a melhor opção é consultar um profissional da área de design de interiores ou arquitetura, de modo a trabalhar conceitos que são fundamentais para um projeto de iluminação: destacar ambientes, focar detalhes, dar amplitude aos cômodos e, sobretudo, proporcionar conforto visual e físico aos seus moradores.

Pensando em ajudar os interessados a deixar a casa ainda mais bonita, separamos algumas dicas que podem ajudar bastante nesse sentido, de modo a deixar cada ambiente mais agradável esteticamente e, também, adequado à realidade financeira e ao gosto particular de quem mora na casa.

Por isso, você que está pensando em se mudar para uma nova cidade, buscando por imóveis em São José do Rio Preto, por exemplo, pode se surpreender com a variedade enorme de opções existentes no setor de iluminação. Há alternativas para todos os gostos e bolsos, passando por itens como abajur, plafons, arandelas e pendentes, até chegar em colunas, spots e iluminação cênica direcionada a áreas externas, como garagem, piscina e jardins!  Acompanhe!

1. Planejamento para decoração de sua casa
Essa é a primeira e a mais importante recomendação: saber quanto se pode gastar. Não adianta sonhar com um projeto de decoração sem saber o quanto é possível investir nele.

Nesse sentido, pesquise valores de mercado, visite lojas de materiais de construção, converse com profissionais do setor para levantar um orçamento prévio de um projeto de iluminação, da mão de obra de quem vai realizar esse projeto (geralmente um eletricista), da quantidade de pontos de luz que irá trabalhar, das lâmpadas e lustres, pendentes, iluminação direcionada que irá necessitar.

Tendo uma noção real dos valores e se o seu bolso suporta arcar com essas despesas, ajuste seu sonho à realidade e, então vá para o segundo passo, que é desenvolver o projeto!

2. O que levar em conta num projeto de iluminação
Na hora de fazer seu projeto de decoração utilizando luzes, o segundo passo é pensar no que você realmente deseja.

Pense na função do local a ser decorado, o estilo desejado, as atividades que serão realizadas neste cômodo, os objetos decorativos e de mobília que estarão por ali e o tipo de sensações/clima que deseja aguçar, como: repouso, luxo, modernidade, dentre outros.

Depois, ainda é preciso decidir o tipo de iluminação desejada, escolhendo as lâmpadas e luminárias mais adequadas para a identidade visual do seu projeto e aquilo que realmente pode pagar à medida em que for decorar sua casa em São José do Rio Preto ou em qualquer outro lugar do Brasil.

3. O que levar em conta na hora da compra
Adquira produtos de qualidade sempre, especialmente aqueles que sejam credenciados no INMETRO. Prefira sempre produtos que tenham um consumo de energia menor. Fazendo as contas, vale muito mais à pena investir em um projeto de iluminação com lâmpadas mais caras, mas que terão maior durabilidade e acabam ajudando a economizar na conta de luz mensal.

Uma boa dica para economizar consideravelmente no consumo de energia de sua casa, é que você pense em substituir as lâmpadas incandescentes por fluorescentes. Com isso, acredite: você poderá economizar até 75% da sua conta de luz!

Outra dica importante nesse quesito é: pesquise bastante! Evite comprar já no primeiro local visitado. Ás vezes fornecedores diferentes trabalham com as mesmas marcas e é muito possível que haja distonia entre os valores, especialmente dependendo do posicionamento estratégico do departamento comercial de uma loja.

Uma ótima sugestão para quem deseja comprar itens mais caros, como lustres e spots, é verificar empresas que realizam importação de produtos da China, principalmente. De uma maneira bastante discrepante, existem produtos chineses com qualidade e durabilidade acima de muitos produtos nacionais, que acabam custando bem menos. Lembrando que, independentemente do local onde você adquirir seus produtos, é importante pedir sempre nota fiscal e consultar o prazo de garantia de cada item. Isso poderá ajuda-lo a evitar muita dor de cabeça no futuro, inclusive evitando dissabores caso precise realizar alguma troca.

4. O que é importante saber para instalar um projeto de iluminação
Você precisa repassar seu plano de iluminação com o eletricista responsável pelo projeto. Tenha muita atenção ao explicar os pontos onde deseja cada tipo de iluminação, que geralmente são:

·        Iluminação geral: comporta o tipo de luz que define o espaço e torna-o visualmente confortável;

·         Iluminação indireta: é feita por meio de colunas, abajures ou arandelas, visando  proporcionar um certo conforto visual ao ambiente ao mesmo tempo em que ilumina paredes e teto;

·         Iluminação de destaque: é a que irá focalizar objetos ou superfícies, como quadros, estantes, algum móvel em especial;

·         Iluminação de tarefas: serve para locais onde se realiza algum tipo de trabalho específico, como leitura, passar roupa, fazer maquiagem, etc. Sua instalação exige bastante atenção, para que não se produzam sombras que atrapalhem as atividades.

5. Como iluminar cada parte da casa?
Em locais como a sala de estar, por exemplo, a luz principal geralmente vem de um lustre, plafon ou pendente. Por meio de sancas de gesso, é possível instalar luzes dicroicas, pois elas visam dar contorno ao ambiente com muita elegância.

Nas partes íntimas da casa, como os quartos de dormir e alguma sala de leitura e descanso, por exemplo, é bom fugir de luminárias que permitam lâmpadas muito aparentes, já que elas podem incomodar quem estiver deitado. Uma opção para isto é instalar uma luz de leitura próxima à beira da cama, seja por meio de um abajur, uma arandela ou colunas com luz mais direcionada.

Para o closet ou guarda-roupas, não deixe de lembrar de colocar luminárias direcionadas, próximas às portas. Elas podem ajudar a visualizar bem melhor o que há no interior de cada prateleira, facilitando bastante seu dia a dia.

Se você tem bebês ou quer um tipo de luz que possa ser controlada, pense na possibilidade de instalar dimmers, que são aqueles interruptores que modulam a intensidades de luz num local. Eles vão deixar a luminosidade mais agradável ou forte, de acordo com sua necessidade.

No banheiro, tome sempre cuidado com a iluminação dos espelhos: a luz envolver todo o ambiente para iluminar o rosto igualmente, evitando sombras. O ideal é ter luzes nas laterais dos espelhos e não no topo dos mesmos, algo errôneo e bem comum de se encontrar.

Na cozinha e áreas de serviço necessitam de iluminação mais uniforme, em geral luz fria, de forma que não haja sombras nos locais onde se realizam as atividades. As fluorescentes cumprem bem o papel neste ambiente, inclusive pelo fato do uso mais prolongado.

Em escritórios com computador – assim como em salas de TV, é importante não permitir que focos de luz causem interferência na tela. Por isso, o mais indicado é que a luminária esteja atrás ou ao lado do aparelho, ou no fundo do ambiente em posição oposta a tela.

No jardim e ambientes externos, a iluminação deve estar presente em todas as entradas e acompanhar os muros. Uma ótima opção é instalar arandelas que façam a luz refletir nas paredes (wall washing).

Na piscina e jardim, uma luz colorida pode ser usada para ressaltar a cor de plantas ou da água. Tons de verde são ideais para deixar o ambiente aconchegante e bonito.


Para finalizar, lembre-se sempre de buscar o equilíbrio na hora de fazer um projeto de decoração. Lembre sempre da sustentabilidade do planeta, preferindo por itens que não agridam ao meio-ambiente e possam ajudar a economizar energia.

Gostou destas dicas? Aproveite para compartilhá-las em suas redes sociais!


Beijos da Pâm!
📷 Instagram | 🐦 Twitter | 🍓Facebook

  • Compartilhe:

Dicas para Leitura

5 comentários

  1. muito bacana seu post, iluminação faz mesmo toda a diferença num ambiente

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que a iluminação natural é tudooo numa casa! A gente tem que valorizar, pra usar a nosso favor :D


    Beijinhos
    tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Um dos defeitos do meu novo gabinete - muito pouca luz.

    ResponderExcluir
  4. A luz faz toda a diferença em um ambiente. Gostei muito das dicas e sobre a cor verde.
    Boa semana!

    O blog JOVEM JORNALISTA retornou do HIATUS DE INVERNO com posts interessantes.

    Até mais, Emerson Garcia

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  5. Meu sonho é ter dinheiro para investir numa iluminação boa, principalmente no quarto onde me maquio

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir

- ♥ Postagens: Segunda, Quarta e Sexta ♥ -

Agradeço a sua visita e espero que tenha gostado das postagens.
Deixe no campo 'comentários' o seu nome e endereço do blog para mim retribuir a visita.

-Não tolero e não irei autorizar comentários ofensivos/obscenos!
-Dúvidas sobre postagens, parceria e outros entre em contato via email: pamelasensato@gmail.com

Beijinhos da Pâm!